Pesquisar no blog

banner

startMiner - free and simple next generation Bitcoin mining software

segunda-feira, 31 de maio de 2010

sábado, 29 de maio de 2010

O ENIGMA DA ESFINGE........

As mulheres estavam com tudo durante este mes de maio. Prova disso foram as ganhadoras do quadro "O ENIGMA DA ESFINGE" do Programa Embalos da Tarde, apresentado por Juninho Barbosa, de segunda a sexta-feira, das 14:00 as 16:00 hs. Elaine Aparecida Dessotti acertou o enigma que estava acumulado em R$ 184,00 na tarde de sexta-feira, dia 28 de maio. Elaine ganhou o premio ao decifrar o enigma: "Sou um quarto. Pequeno por fora e grande por dentro." cuja resposta, tratava-se de uma questão matemática e era 0,25, ou seja, o resultado da divisão de 1 por 4. Na sequencia, o apresentador Juninho Barbosa lançou um novo enigma: "Sou parte do homem, mas nenhum homem pode me tocar.Sou capaz de fazer qualquer coisa e nunca me cansar. Posso até viajar pelo tempo, passado, presente e futuro sem sair do lugar."  e Cinthia decifrou, dizendo a resposta correta: o Pensamento, e levou o segundo premio que ja estava em R$ 12,00.

Parabéns as ganhadoras e nossos agradecimentos pela audiência e pela confiança em nosso trabalho...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Apresentadora Oprah Winfrey fecha rede de caridade nos Estados Unidos

A organização de caridade de Oprah Winfrey, Angel Network, será fechada, enquanto a popular apresentadora norte-americana de talk show se prepara para encerrar seu programa, "The Oprah Winfrey Show", em 2011, após 25 anos, para criar sua rede própria de TV a cabo.
A Angel Network informou em seu site que a organização, que nasceu do popular programa de Winfrey, não aceitaria mais doações a partir de 24 de maio e está encerrando seu programa.
Quase 150 mil pessoas já doaram mais de US$ 80 milhões (R$ 145,6 milhões) desde que a organização começou, em 1998, ajudando a financiar mais de 200 projetos nos EUA e em outros 30 países. 
A Angel Network disse que ajudou a construir mais de 55 escolas em 12 países, forneceu uniformes e material escolar a 18 mil crianças sul-africanas e ajudou mais de mil famílias a recuperar suas casas após os furacões Katrina e Rita.
Em seu comunicado, a entidade disse: "Oprah continua profundamente engajada com a filantropia, e sua nova rede a cabo - OWN: The Oprah Winfrey Network - vai continuar a destacar organizações beneficentes em conjunto com sua programação nos anos futuros."
A partir de 2011, Winfrey vai comandar um novo programa chamado "Oprah's Next Chapter", que será apresentado desde vários lugares do mundo e será transmitido pela OWN, ou Oprah Winfrey Network, uma TV a cabo sediada em Los Angeles que ela formou em parceria com a Discovery Communications.
A rede ficará no ar 24 horas por dia, será lançada em janeiro próximo e deve chegar a 70 milhões de residências.
Winfrey anunciou em novembro passado no "The Oprah Winfrey Show" que vai fechar seu programa diurno porque "sentia que era a coisa certa a fazer". O programa, que é o de maior audiência no horário diurno dos EUA, é transmitido desde Chicago nas estações da ABC nos EUA e em mais de 140 países. Tornou-se um dos mais rentáveis da televisão e ajudou Oprah Winfrey, 56 anos, a acumular uma fortuna estimada pela revista Forbes em 2,3 bilhões de dólares.


Créditos:
REUTERS, EM LOS ANGELES

quarta-feira, 26 de maio de 2010

MISS IGARAPAVA 2010...ÉRICA NATALIA AMARAL



TIVEMOS O IMENSO PRAZER DE RECEBER A VISITA DA MISS IGARAPAVA 2010, ÉRICA AMARAL, EM NOSSOS ESTUDIOS, ONDE FALOU UM POUCO SOBRE O CONCURSO, REALIZADO ANUALMENTE EM IGARAPAVA E SOBRE SUAS ESPECTATIVAS PARA O FUTURO.

domingo, 23 de maio de 2010

MEMÓRIAS II

PARABÉNS IGARAPAVA....Cidade Amizade!!



"NOSSA HOMENAGEM A ESSA CIDADE MARAVILHOSA...CHEIA DE ENCANTOS E GENTE BOA!
TEMOS PROBLEMAS? CLARO! TODOS TEM PROBLEMAS, MAS O QUE NOS TORNA DIFERENTES É NOSSA GRANDE CAPACIDADE DE SUPERÁ-LOS E SEGUIR EM FRENTE...PARABÉNS CIDADE AMIZADE!"


quarta-feira, 19 de maio de 2010

...É SUCESSO???...É CIDADE....

            Sobre
 Luan Santana


Precisar quando a história do cantor Luan Santana, que nasceu em 1991, começou, é tarefa difícil, porque aos três anos de idade, na sua cidade natal, Campo Grande – MS, ele já chamava atenção de toda a família com os acordes afinados das músicas sertanejas que não parava de cantar. Clássicos como “Muda de vida”; “Chico Mineiro” e “Cabocla Tereza” eram interpretados por Luan, sem nenhum erro na letra ou no timbre. Percebendo o seu talento, o pai deu de presente um violão, para incentivar ainda mais o pequeno cantor. A partir desse momento as apresentações ganharam uma atração a mais, Luan cantava e ‘tentava’ dedilhar algumas notas musicais no instrumento, que se tornou inseparável a partir daí.
Em janeiro de 2009, é lançado o segundo CD da carreira que contou com a produção de Ivan Myazato e teve músicas escolhidas pelo próprio cantor, que fez questão de incluir sucessos como “Tô de Cara”; “Meteoro”;” Minha Boca Você não Beija Mais” e “A Louca”.
Neste trabalho, que conta com canções de autoria de Luan Santana, que começa a mostrar para o Brasil que também tem talento como compositor.
Já que a agenda lotada não permitia que Luan Santana parasse e entrasse em estúdio para gravar o segundo CD, ele decidiu que o trabalho seria ao vivo e gravado em diversas cidades do Brasil por onde apresentava seu show. O trabalho ficou surpreendente e mostrou maturidade deste jovem em cima de um palco. 
Assim que o CD ficou pronto, duas músicas começaram a aparecer como as preferidas do público de Luan Santana – “Tô de Cara” e “Meteoro” com isso ele começa a ser um dos artistas mais executados das rádios do Brasil e em poucas semanas o vídeo “Meteoro” atinge a marca de 10 milhões de acesso no Youtube. 
No verão de 2009, começa a explosão do jovem cantor, Luan quebra todos os recordes de público pelas cidades onde se apresenta, conquistando cada vez mais fãs e seguidores por onde passa.
Com o sucesso das músicas deste CD, em agosto ele novamente é convidado a participar da ‘Festa do Peão de Barretos’ e desta vez, se apresentou para um público de 50 mil pessoas, que cantam junto com ele seus principais sucessos. Luan recebeu destaque da mídia especializada de Barretos que o consideraram um dos maiores exemplos de ‘fenômeno da música sertaneja’.
Viajando por todo Brasil para mostrar seu novo trabalho, Luan leva para estrada um espetáculo de luzes, som e efeitos especiais com uma grande produção, digna de um grande artista, que o Brasil já começa a conhecer, através do inconfundível timbre de voz e pelo carisma que tem no palco - marca registrada deste jovem, que promete mexer com o mercado sertanejo.
Luan Santana participa de grandes eventos sertanejos como Caldas Country, Festa do Peão de Barretos, além das principais Festas de Peão e Exposições Agropecuárias de todo Brasil. A agenda de Luan Santana fechou o ano de 2009 com 300 shows realizados pelo Brasil, com média de 25 apresentações por mês, ele leva até seu público, um grande espetáculo porque Luan Santana se dedica a fazer o que ele mais gosta – ‘Cantar’.
PRIMEIRO - DVD Luan Santana Ao Vivo

Contratado pela gravadora Som Livre, em novembro Luan lança seu primeiro DVD que foi gravado em 25/08/2009 no Parque das Nações Indígenas em Campo Grande que chegou as lojas no inico de Dezembro. Neste dia Luan Santana reuniu 85 mil pessoas para esta sua única apresentação e bateu seu próprio recorde de público, que antes era de 70 mil pessoas em um show realizado em junho do mesmo ano no Parque de Exposições de Campo Grande MS. Em Janeiro de 2010 Luan Santana faz uma participação de uma semana na Novela da Rede Globo, Malhação, interpretando ele mesmo, e participa de todos os maiores programas da Tv Brasileira como o primeiro ídolo Teen Sertanejo.
Hoje Luan Santana coleciona números incríveis:
Seguidores no Twitter: mais de 200 mil
Total de visualizações no Youtube: mais de 130 milhões
Comunidade Oficial no Orkut: mais de 230 mil
Acessos no site Oficial: 40 mil média diária, visitantes únicos

MOMENTO DE DESCONTRAÇÃO...



AJUDEM O RAPAZ AÍ GENTE....KKKKKKK

CADA VEZ MELHOR...

ZEZÉ DI CAMARGO E LUCIANO - "DOUBLE FACE"

Longe de atualizar o repertório com gírias e ritmos, como fazem os novos nomes da música sertaneja, os megastars do estilo Zezé di Camargo e Luciano preferem olhar para o passado, enquanto ao mesmo tempo não mexem no time que está ganhando. Seu novo álbum, o duplo “Double face”, traz um disco só com composições românticas (com direito a contribuição de Nando Reis), perfeito para os fãs que aprenderam a gostar do gênero ao longo dos anos 90, com hits em potencial como “Tapas na cara”.
A boa surpresa é o segundo CD, só com marchas-rancho, guarânias e ritmos caboclos. Não é um álbum só de violas – na verdade, é um tributo ao sertanejo que foi se atualizando durante os anos 70 e 80, com nomes como Milionário e José Rico e João Mineiro e Marciano. Um dos destaques é a rasgada “Telefone mudo/ Ainda ontem chorei de saudade”, com os dois tão à vontade como se estivessem em uma gravação ao vivo em rádio AM do interior antes do sucesso. (AMAURI STAMBOROSKI JR.)

domingo, 16 de maio de 2010

Igarapava - "Memórias I"

"UM MENESTREL VISIONÁRIO"







Zé Ramalho, nasceu a 3 de outubro de 1949, José Ramalho Neto é o o seu nome. Quando tinha 2 anos, ficou órfão de pai, que morreu afogado num açude do sertão. Com isso, a sua mãe, professora primária, entregou-o para ser criado pelos avós, que tinham melhores condições financeiras. Por isso Zé pode estudar nos melhores colégios da cidade e até estudar medicina.

A vida artística de Zé Ramalho, começou cantando em conjuntos de baile inspirados na jovem guarda e no rock inglês.
Passado algum tempo, Zé estava a tocar viola na banda de Alceu Valença, nesse espectáculo ele tinha a oportunidade de interpretar uma composição sua. Mas a oportunidade foi por água abaixo quando Zé resolveu modificar uma das apresentações da tourné. O público gostou, mas Alceu detestou e zangou-se com o colega. A amizade só seria recuperada um ano depois, quando Alceu incluiu, de surpresa, uma música de Zé no seu novo espectáculo.

Antes de ser famoso, Zé Ramalho dormiu em bancos de praças e trabalhou numa gráfica para poder continuar a apostar no seu próprio talento.

Foi em 1978 que Zé Ramalho gravou o seu primeiro disco a solo. A crítica elogiou o seu trabalho e o público comprou-o, maravilhados com as letras cheias de imagens míticas e o tom profético das interpretações. Foi assim que Zé ganhou o prémio de melhor cantor revelação da Associação Brasileira de Produtores de Disco e da Rádio Globo.

A carreira de Zé ficou consolidada em 1979, quando ele lançou o seu maior clássico, "Admirável Gado Novo", mas foi em 1996 que este tema começou a tocar sem parar nas rádios, graças à sua inclusão na banda sonora da novela O Rei do Gado, da TV Globo.

Violeiros fazem tributo ao Pena Branca

Aconteceu nos dias 13 e 14 de maio, o "7º Encontro de Violeiros",  no Sesc, na cidade de Uberlândia / MG. Das 20 duplas convidadas para o encontro, 13 são de Uberlândia. O evento contou ainda com representantes de Coromandel, Paracatu, Vazante, Anápolis, Patrocínio e Ribeirão Preto, além da participação especial de Zé Mulato e Cassiano.
A 7ª edição do Encontro de Violeiros foi marcada pelo Tributo ao Pena Branca, músico igarapavense que morreu em fevereiro deste ano. De acordo com o organizador Tarcísio Manuvei, a cultura da música de raiz se fortalece a cada ano. “Prova disso são as participações infantis nesses encontros, tão importante para preservar esse símbolo caipira”. Entre as participações infantis estão os músicos Luiz Gustavo e Luiz Augusto, de 9 anos de idade, de Ribeirão Preto (SP).
“Independente da idade, a música de raiz bem tocada proporciona um leve timbre, um som que encanta. Nas letras das canções caipiras são comuns os causos passados de pais para filhos. A música tem uma história, transmite emoção”, disse Manuvei.
Um dos principais ícones da música de raiz, Tinoco, da dupla Tonico e Tinoco, estava confirmado como uma das atrações mas não compareceu devido a problemas de saúde.

Músicas regravadas por cantores da MPB

Os irmãos José das Dores Fernandes (Zé Mulato) e João Monteiro da Costa Neto (Cassiano) nasceram no interior de Minas Gerais. Ao som da viola, presente no dia a dia do interior, tiveram as primeiras lições com o pai, que tocava cavaquinho e cantava. Em 1969 mudaram-se para Brasília e, em 1978, gravaram o primeiro disco.
A dupla gravou outros quatro discos e participou de coletâneas, como a homenagem a Rolando Boldrin e Roberto Corrêa. Zé Mulato e Cassiano tiveram músicas regravadas por dezenas de violeiros do Brasil e também por cantores da MBP. Em 1998, a dupla ganhou o prêmio Sharp de melhor música regional.
A participação da dupla no 7º Encontro de Violeiros de Uberlândia é considerada pelos músicos uma maneira de homenagear Pena Branca, parceiro em diferentes momentos da carreira.

Pena Branca

O homenageado no 7º Encontro de Violeiros, Pena Branca, nasceu em Igarapava, em 1939, e viveu boa parte da vida em Uberlândia. Ranulfo Ramiro da Silva, o Xavantinho, era seu irmão e nasceu em Cruzeiro dos Peixotos, distrito de Uberlândia, em 1942. Em 1958, eles começaram a cantar, apresentando-se em uma rádio de Uberlândia. Mudaram-se para São Paulo para tentar a vida artística em 1968. Com o tempo, Pena Branca e Xavantinho tornaram-se exemplos da música sertaneja caipira, considerada de raiz.
Com a morte de Xavantinho, em 1999, Pena Branca continuou em carreira-solo. Em 2001 recebeu o Grammy Latino de Melhor Disco Sertanejo com o álbum “Semente Caipira”. Em 11 anos de carreira solo, gravou mais três trabalhos: “Semente Caipira” (2000), “Pena Branca canta Xavantinho” (2002) e “Cantar Caipira” (2008). Pena Branca morreu no dia 8 de fevereiro, aos 70 anos, vítima de ataque cardíaco, em São Paulo.